sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Marina Lima e Trio em Concerto


Nas noites de terça-feira (21) e quarta-feira (22) o projeto Som às Sete do Teatro do Sesc Ginástico no Rio de Janerio recebeu a cantora e compositora Marina Lima com seu novo show em Concerto. O show é um embrião de uma atmosfera do que pode vir a ser o próximo trabalho da cantora. Diferente do último show, o Topo Todas Tour, em Concerto traz uma Marina Lima ligada em uma outra atmosfera (o que fica bem nítido logo na abertura do show com o quase tango "Três" lançado no disco Lá nos Primórdios).

Agora, por que eu estou fazendo este post? Eu estou entrando em defesa de Marina.

Todos reclamam da meia voz da cantora sem ao menos parar, pensar e, o mais importante, ouvir com atenção. Depois de forte depressão nos anos 90, Marina conseguiu reerguer sua vida e sua carreira, ela se reinventou com batidas eletrônicas. Eu, particularmente, acho que a voz dela é (muito) mais gostosa hoje, essa meia-voz que ela tem, comparada à voz inteira que ela tinha na década de 80. Mas, em defesa, eu ainda acho que Marina é uma das melhores cantoras de hoje em dia, ultrapassando vozes sem nenhum viço novo como as de Ivete Sangalo, Cláudia Leitte, dentre outras cantoras que sobreviviem não pelo seu belo canto, mas por seu grande carisma.

Marina Lima e Trio em Concerto é um show incensado, com uma atmosfera (até) bossa-novista, quando Marina entoa a bela
"Dois Durões" (canção lançada em seu esmaecido disco Setembro), ou até mesmo em versões como "You're my Thrill", o sucesso de Billie Holiday ganhou rosto novo dentre os arranjos eletrônicos de Marina.

eis o repertório do (belo) show:

1- Três (Marina Lima/ Antônio Cícero)
2- Nosso Estranho Amor (Caetano Veloso)
3- Beija-Flor (citação: Família)
(Xexéu/ Zé Raimundo)
4- Ainda é Cedo
(Ico Ouro-Preto/ Dado Villa-Lobos/ Renato Russo/ Marcelo Bonfá)
5- Dois Durões
(Marina Lima)
6- Virgem
(Marina Lima/ Antônio Cícero)
7- Difícil
(Marina Lima/ Antônio Cícero)
8- Carne e Osso
(Humberto Effe/ Luiz Gustavo/ Caíca/ Abílio Azambuja)
9- You're my Thrill
(Billie Holiday)
10- O Chamado
(Marina Lima/ Giovanni Bizzoto)
11- Meus Irmãos
(Marina Lima)
12- Vestidinho Vermelho
(Alvin L.)
13- Pierrot
(Marina Lima)
14- À Francesa
(Antônio Cícero/ Cláudio Zoli)
15- Fullgás
(Marina Lima/ Antônio Cícero)

BIS:

16- Maresia (Antônio Cícero/ Paulo César Machado)
17- Uma Noite e 1/2 (Renato Rocket)

Um comentário:

paulatopotodas disse...

Ela é mesmo demais... e esse show então... nossa, quase morri quando a vi no Bahia Café aqui em Salvador. beijo.