domingo, 31 de maio de 2009

Zélia lança "Pelo Sabor do Gesto" dia 09 de Junho


Zélia Duncan lançará no dia 09 de junho seu novo Cd, Pelo Sabor do Gesto (capa ao lado). O disco é o primeiro com canções inéditas desde 2005, quando Zélia lançou o belíssimo Pré-Pós-Tudo-Bossa-Band. O disco foi produzido por John Ulhoa e Beto Villares e conta com a participação de Fernanda Takai na faixa "Boas Razões" e de Chico César na faixa "Esporte Fino Confortável". O primeiro single do disco, "Tudo Sobre Você", já está em rotação em algumas rádios do país. Eis as faixas do disco:

1- Boas Razões (De Bonnes Raisons) - part: Fernanda Takai
2- Todos os Verbos
3- Telhados de Paris
4- Tudo Sobre Você
5- Sinto Encanto
6- Pelo Sabor do Gesto (As-tu Déjà Aimé?)
7- Ambição
8- Esporte Fino Confortável - part: Chico César
9- Os Dentes Brancos do Mundo
10- Se eu Fosse
11- Aberto
12- Se um Dia me Quiseres
13- Duas Namoradas
14- Nem Tudo

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Veríssimo despe mentiras masculinas com humor.


Opinião de livro
Título: As Mentiras que os Homens Contam
Autor: Luís Fernando Veríssimo
Editora: Objetiva
Cotação: ***

Um dos maiores sonhos femininos é descobrir como desmascarar as mentiras contadas pelos homens. Em As Mentiras que os Homens Contam, Luís Fernando Veríssimo faz esse favor para o sexo feminino. No livro, Veríssimo usa o esqueleto das mentiras contadas pelos homens para criar histórias e situações que, de tão inusitadas, são divertidas. “Nós nunca mentimos. Quando mentimos, é para o bem de vocês”. E é com essa frase que Luís Fernando Veríssimo abre a introdução do livro, que flui interessante e despretensiosa. A idéia não é desmascarar o homem ou induzir ninguém a nada. Pelo contrário. O livro desenvolve a idéia de que se o homem mente é sempre para o bem, seja para o bem das mulheres ou para o bem do próprio ego, mas jamais mente visando o mau. O livro trata de situações muitas vezes corriqueiras no dia-a-dia de qualquer pessoa como, por exemplo, encontrar com um desconhecido na rua que jura que te conhece e, para não fazer feio, você entra no jogo dele, até que você se vê encurralado pela própria mentira. Ou então tentando conquistar alguma paquera ou uma simples moça bonita. A mentira às vezes vai tão longe que dá certo. O livro contém ótimas histórias com sarcástico humor, como “O Falcão”, “A Aliança”, “Jenesequá: Uma Parábola”, “O Sítio do Ferreirinha”, “O Dia da Amante” e “Clic”. Há histórias mais fracas, em que nem o ríspido humor do escritor consegue se sobressair, como “Blefes”, “Ecos do Carnaval”, “O Verdadeiro José”, “Nobel” e “Tios”. Mas, a rigor, o livro é bom. À medida que o livro segue é possível notar a desmistificação das mentiras contadas pelos homens comparando-as com as contadas pelas mulheres. Desde o caso do marido que encontra o amante da esposa no armário e faz “uma social” com ele, até o caso do casal que não quisera jantar na casa de amigos e, pra isso, inventaram uma mentira sem fim. Há as mentiras populares como a da origem do primeiro de abril até a verdade sobre a origem do moralismo. Pautado por boas e histórias e um ou outro ponto mais fraco, As Mentiras que os Homens Contam é um bom manual feminino de desmistificação do sexo masculino. Valeu.

Wanderléa registra "Nova Estação" em DVD.


Wanderléa registrará nos dias 26, 27 e 28 de junho o show Nova Estação (estreado no ano passado em São Paulo no Teatro Cosipa Cultural) em DVD. A gravação do projeto (viabilizado em parceiria com o Canal Brasil) acontecerá no Teatro FECAP, em São Paulo, e gerará um especial de TV. No show, Wanderléa canta músicas do disco homônimo que deu origem ao show e revive um único sucesso da sua fase na Jovem Guarda, a bela balada "Te Amo", em execução na trilha sonora do folhetim Caras e Bocas exibido pela Rede Globo às 19h. Wanderléa já tem um DVD engatado para ser lançado no segundo semestre deste ano. Foi um projeto registrado no Auditório do Ibirapuera onde a ternurinha revisitava seu repertório da jovem guarda, passando por fases mais arriscadas artisticamente (porém uma fase artística mais áurea) dos anos 70, mais obscuras como a dos anos 80 e mais plácida dos anos 90.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Elas cantam Roberto Carlos


Aconteceu ontem, 26 de maio de 2009, em São Paulo, o show Elas Cantam Roberto Carlos - Divas. O show ocorreu no Theatro Municipal de São Paulo e contou com a presença de nomes renomados da música como Marina Lima, Zizi Possi, Adriana Calcanhotto, Fafá de Belém, Alcione, Luiza Possi, Nana Caymmi, Wanderléa, Ana Carolina, Paula Toller, Fernanda Abreu dentre outras. Participaram também a atriz Marília Pêra e a apresentadora Hebe Camargo, as quais deram um show a parte. Roberto cantou apenas três canções no show: "Emoções", "Como é Grande o meu Amor por Você" (acompanhado das "Divas") e "É Preciso Saber Viver" (também acompanhado pelas "Divas"). Entre altos e baixos (como as apresentações de Ivete Sangalo, Daniela Mercury e Cláudia Leitte) o show foi um dos mais belos e foi gravado para gerar Cd, DVD e especial de TV a ser exibido pela Rede Globo neste domingo (31) após o Fantástico.

Eis o repertório do show:

1- Você não Sabe
- Hebe Camargo
2- Canzone per Te - Zizi Possi e Luiza Possi
3- Proposta - Zizi Possi
4- Sua Estupidez - Alcione
5- Desabafo - Fafá de Belém
6- A Distância - Celine Imbert
7- Se Você Pensa - Daniela Mercury
8- Esqueça - Daniela Mercury e Wanderléa
9- Você vai ser o meu Escândalo - Wanderléa
10- Nossa Canção - Rosemary
11-Todos Estão Surdos - Fernanda Abreu
12- As Curvas da Estrada de Santos
- Paula Toller
13- 120, 130, 150 por Hora - Marília Pêra
14- Como Dois e Dois - Marina Lima
15- As Canções que Você fez pra Mim - Sandy
16- Só Você não Sabe
- Mart'nália
17- Do Fundo do meu Coração - Adriana Calcanhotto
18- Falando Sério - Cláudia Leitte
19- Não se Esqueça de Mim - Nana Caymmi
20- Força Estranha - Ana Carolina
21- Os Seus Botões - Ivete Sangalo
22- Olha - Ivete Sangalo
23- Emoções - Roberto Carlos
24- Como é Grande o meu Amor por Você - Todos
25- É Preciso Saber Viver
- Todos

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Som Livre compila obra de Lenine na série 'Perfil'


A gravadora Som Livre pretende colocar nas lojas até o dia 01 de junho de 2009 o Cd Perfil Lenine (capa ao lado). O Cd já está em pré-venda no site da Livraria Saraiva e tem previsão de entrega para até dia 29 de maio. Entre as canções do disco, o fonograma mais atual é o hit "É o que me Interessa", lançado por Lenine em seu último disco, o Labiata (2007).
Eis o roteiro do Cd (que compila sucessos do cantor em 14 faixas):

1- Jack Soul Brasileiro
2- Paciência
3- A Rede
4- O Dia em que Faremos Contato
5- Hoje eu Quero Sair Só
6- O Marco Marciano
7- O Homem dos Olhos de Raio X
8- Relampiano
9- A Medida da Paixão
10- Lavadeira do Rio
11- Tubi Tupy
12- Rosebud (O Verbo e a Verba)
13- É o que me Interessa
14- Do It (Ao Vivo)

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Ao vivo, "Picnic" de Rita soa magistral.


Opinião de Cd
Título: Multishow Ao Vivo Rita Lee - Picnic
Artista: Rita Lee
Gravadora: Biscoito Fino
Cotação: *** 1/2

Captado em apresentação do show Picnic na casa Vivo Rio (RJ), o DVD e o Cd Multishow Ao Vivo Rita Lee - Picnic chegaram às lojas ontem (20 de maio de 2009) pela gravadora Biscoito Fino. O DVD contém 18 faixas, já o Cd condensa o show em apenas 14 faixas.
Com arranjo refeito para o projeto,
"Flagra" abre o disco de forma morna, sem empolgar. "Saúde" (a segunda música do disco) também teve o arranjo remodelado, mas para melhor. As guitarras de Roberto de Carvalho e Beto Lee foram instrumentos que se sobressairam em todo o projeto. Desde os acordes fortes de "Mutante" (que, rearranjada perdeu a força cênica que tinha) até os acordes mais leves presentes em "Cor-de-Rosa Choque" que, aliás, é um dos pontos mais altos do disco por estar unida à "Todas as Mulheres do Mundo". Definido em cena como o "medley feminino". O disco conta com (boas) surpresas que acabam por se tornar os pontos altos do show, como a canção "Vingativa" (gravada pelo grupo As Frenéticas em seu primeiro álbum) ou "Baby" , num medley tropicalista que a uniu com "Domingo no Parque", "Panis et Circenses", "Bat Macumba" e "Alegria, Alegria".
O projeto ainda contou com duas canções inéditas:
"Se Manca" (rock que, de acordo com o release escrito por Erasmo Carlos para o DVD, é um tipo de desconstrução do ego masculino) e "Insônia" (a música inspirada em Rita, como declara a própria). Ambas as inéditas roçam a genialidade de canções dos tempos áureos da dupla Lee & Carvalho, diferente de "Tão" que, mesmo sendo um rock de ótima qualidade crítica às pessoas chatas (como permite o afiado humor e inteligência da vovó do rock), não tem fôlego o suficiente para figurar entre as melhores composições de Rita. Aliás, nenhuma das inéditas têm fôlego o suficiente para dar um "novo ar" ao disco.
O show é comemorativo dos 40 anos de carreira da cantora, portanto faz sentido revisitar canções como
"Bwanna" e repaginá-las (além de arranjo mais embriagante, os versos foram alterados de "bwanna, bwanna" para, muito propíciamente, "Obama, Obama", fazendo alusão ao atual presidente dos Estados Unidos, Barack Obama). Outro ponto alto é a versão forrózenta e inusitada para "I Want a Hold your Hand" dos Beatles. Rita gravou a versão feita na década de 60 pelo grupo Renato e Seus Blue Caps, transformando-a em "O Bode e a Cabra".
O disco é fechado com três canções certeiras!
"Ovelha Negra" (com belo arranjo, porém menos empolgante que o do último registro de show da Rita, o Mtv Ao Vivo lançado em 2004), "Erva Venenosa" (em versão arrasadora) e "Lança Perfume", unida em medley com a marchinha "Chiquita Bacana" de 1968. No final da última faixa ouve-se o coro da platéia entoando o hit "Mania de Você".
Magistral, carnavalesco e de várias faces, o "picnic" da vovó Rita se mantêm enxuto, mesmo sem o aparato visual.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Multishow exibe registro do show de Rita hoje


Hoje, 20 de maio, o canal pago Multishow (NET/ SKY 42) exibirá o registro ao vivo do show realizado por Rita Lee na casa de shows Vivo Rio (Rio de Janeiro) em janeiro deste ano, o qual foi gravado e gerou o Cd e DVD Multishow Ao Vivo Rita Lee - Picnic. Cd e DVD chegaram hoje às lojas. O especial será exibido às 22h15min.

domingo, 17 de maio de 2009

Agenda


AGENDA


JUNHO

Data: 06 de Junho
Local: Sala de Eventos do Municipal, São Paulo - SP
Evento: montagem da peça "Reflexo - Número 6" para trabalho voluntário
Horário: 20h30
Preço do ingresso: GRÁTIS

Data: 13, 20 e 27 de Junho

Local: Teatro da Cede Neuchatel (Casa de Fabiano), São Paulo - SP
Evento: estréia da peça "Rascunhos - 4 em 1"
Horário: 21h00
Preço do ingresso: R$ 8,00 (sem meia entrada)


JULHO

Data: 04 de Julho
Local: Centro da Cede de Umbanda, São Paulo - SP
Evento: peça "Rascunhos - 4 em 1"
EVENTO À CONFIRMAR


AGOSTO:

Data: 15 de Agosto
Local: Coliseu Arena Hall, São Paulo - SP
Evento: estréia do monólogo "ELLA - O Monólogo" com Renata Farias - texto e direção de Bruno Cavalcanti
Horário: 21h30min

Preço do ingresso: R$ 40,00 a R$ 80,00 (meia entrada: R$ 20,00 mezaninho e balcão/ R$ 40,00 platéia)


SETEMBRO

Data: 19 de Setembro
Local: Sepej, São Paulo - SP
Evento: peça "Rascunhos - 4 em 1"
Horário: 20h00
Preço do ingresso: R$ 8,00 (sem meia entrada)

sexta-feira, 15 de maio de 2009

VPODN: Ao vivo, Gal continua antenada com seu tempo.


Vale à pena ouvir de novo!

Opinião de Cd

Título: Gal Costa Ao Vivo
Artista: Gal Costa
Gravadora: Trama
Cotação: *** 1/2
Ano de lançamento: 2006

Ao lançar em 2005 pela gravadora Trama o Cd Hoje, um dos melhores discos de sua carreira nos últimos tempos, Gal Costa se mostrou antenada com seu tempo. No Cd que registra o show Hoje a mesma Gal se mostra antenada e atemporal. Gal Costa Ao Vivo é o disco lançado em 2006 pela gravadora Trama, compilando em 14 faixas o belíssimo show apresentado por Gal em 2005 e gravado em 2006 em show na casa Citibank Hall (São Paulo).
O disco traz 14 das 20 músicas do DVD, que por sua vez não registra o show na íntegra, excluindo as faixas
"Sem Você" (Tom Jobim/ Vinícius de Moraes) e "Onde Está Você" (Lokua Kanza/ Carlos Rennó).
O disco é aberto com
"Fruta Gogóia", a canção gravada por Gal em 1971 no antológico disco Fa-Tal - Gal a Todo Vapor. Gal mostra um leque estético que abrange desde bela versão de "Todo o Amor que Houver Nessa Vida" (Cazuza) até versão sóbria de "Antonico" (Ismael Silva) sem perder a propriedade. O disco é repleto de belezas que vão desde a curiosa "Santana", passam por belas baladas salpicadas de bossa e reggae como "Mar e Sol" (com direito a citação de "Águas de Março") até chegar em sambinhas buliçosos, como "Jurei". O disco ainda enfileira temas inéditos gravados por Gal no disco Hoje, os quais foram ofertados pelo afilhado Moreno Veloso ("Hoje" ), por Caetano Veloso ( "Luto"), Nuno Ramos ("Pra que Cantar") e um Chico Buarque pouco inspirado em parceiria com José Miguel Wisnik ("Embebedado"). Gal ainda volta a tempos mais antigos, quando lançou no mercado fonográfico o nome de Luiz Melodia gravando "Pérola Negra", e interpreta "Juventude Transviada" em registro belo e resistente. Ainda na linha do "recordar é viver", Gal interpreta a interessantíssima "Meu Nome é Gal" (Roberto Carlos/ Erasmo Carlos) e revive o dueto feito com a guitarra de Robertinho do Recife no Fantástico, onde imitava com a voz os acordes soltados pela guitarra (a guitarra apresentada com muita propriedade no disco é a de Marcus Teixeira). Gal revive o número e mostra que sua voz ainda é um cristal lapidado da melhor estirpe. Em tempo da delicadeza, Gal une uma parceiria de Carlos Lyra e Vinicius de Moraes ("Coisa Mais Linda") à bela canção de Herman Hupfeld lançada por Chet Backer ("As Time Goes By") mostrando versatilidade, beleza e singeleza. Gal pode. O único motivo pelo qual o disco perde ponto é por não conter faixas ainda mais belas, como "Sexo e Luz" e "Um Passo à Frente", por exemplo (as faixas estão presentes apenas no DVD). Mas, por estarem registradas, é um erro a ser redimido. O disco é fechado em alto astral com "Logus-Pé", a composição de Tito Bahiense gravada por Gal no disco Hoje.
Gal e sua voz são atemporais e se mantêm em seu próprio tempo de beleza, singeleza e delicadeza. Valeu.

Biscoito Fino disponibiliza Cd de Rita na rede


A gravadora Biscoito Fino disponibilizou na rede o Cd Multishow Ao Vivo Rita Lee - Picnic (foto ao lado). A audição do disco pode ser feita na íntegra pelo Hotsite oficial do projeto criado pela gravadora. Além do disco para audição também estão disponíveis fotos, release, vídeos, links, ficha técnica e outros produtos de Rita lançados pela gravadora. Cd e DVD serão lançados dia 20 de maio (o especial será exibido no mesmo dia pelo canal a cabo Multishow).

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Divulgada a lista das 19 "divas" que cantarão com o "rei"


Foi divulgado no site oficial de Roberto Carlos os nomes das cantoras que formarão o time de divas para compor o show Elas Cantam Roberto Carlos - Divas. O show acontece no dia 26 de maio no Theatro Municipal de São Paulo (SP) e é um dos eventos em tributo aos 50 anos de carreira do "rei". O show será registrado e ganhará formato de Cd, DVD e especial de TV a ser exibido na rede Globo de televisão. As cantoras que forma o time de intérpretes são: Ana Carolina, Alcione, Adriana Calcanhotto, Celine Imbert, Cláudia Leitte, Daniela Mercury, Fernanda Abreu, Fafá de Belém, Hebe Camargo, Ivete Sangalo, Luiza Possi, Marília Pêra, Marina Lima, Mart'nália, Nana Caymmi, Paula Toller, Sandy, Wanderléa e Zizi Possi. Outros nomes à princípio cojitados, porém que recusaram o convite foram Gal Costa, Maria Bethânia, Marisa Monte e Rita Lee.
Em tempo: Roberto se juntará às cantoras apenas ao final do espetáculo, até lá será um dos espectadores do show. Os ingressos estão esgotados.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

A Madrasta Má


Após iniciar minhas pesquisas sobre 7 - O Musical, eu passei a prestar mais atenção aos contos de fadas, sobre tudo os escritos pelos irmãos Grimm e popularizados pela Disney. A Branca de Neve e os Sete Anões, Cinderela, A Bela Adormecida... Todos esses contos me parecem hoje com uma outra forma, uma outra visão... A visão das vilãs! Se vermos bem estes três contos que eu citei (por exemplo) não tem nenhum vilão, mas sim vilãs! As mulheres más que dominam a (s) cena (s)! Nós as amamos, odiamos, temos raiva, temos simpatia... Elas nos causam mais comoção do que a própria mocinha indefesa que necessita que o príncipe encantado a vá salvar no final da história. Agora, olhemos pelo lado das vilãs (quase sempre madrastas más): Elas, coitadas, não tem quem as defenda, não tem um príncipe encantado, não são tão belas quanto as mocinhas e ainda por cima tem um fim trágico no final da história... u torço por elas. Mas há uma e apenas uma que me chama muito a atenção... A Madrasta Má da Branca de Neve! O que levou essa mulher ao ponto extremo de querer matar Branca de Neve e ainda pedir o coração da garota? Seria ela louca? Vaidosa demais? Qual o problema dela? É impossível saber o que se passava naquela cabeça problemática, é impossível saber até mesmo se a cabeça era realmente problemática. A Madrasta Má deste conto de fadas não é nada mais nada menos que a representação atemporal das mulheres loucas-vaidosas. Mulheres que seriam capazes de matar para sentirem-se mais belas, mais jovens... mais capazes de derreter os corações e de figurarem nos sonhos masculinos. Eu saio em defesa da Madrasta Má! Ela não era má! Era apenas uma mulher...

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Conversa de Botequim

Noel Rosa. Tenho loucura por esse cara! Tenho loucura pela obra tão pequena desse homem genial. Abaixo a letra de "Conversa de Botequim" e a interpretação feita por Maria Rita no programa Som Brasil Noel Rosa exibido pela Rede Globo no ano passado.


Conversa de Botequim
(Noel Rosa/ Vadico)

Seu garçom faça o favor de me trazer depressa
Uma boa média que não seja requentada
Um pão bem quente com manteiga à beça
Um guardanapo e um copo d'água bem gelada
Feche a porta da direita com muito cuidado
Que eu não estou disposto a ficar exposto ao sol
Vá perguntar ao seu freguês do lado
Qual foi o resultado do futebol

Se você ficar limpando a mesa
Não me levanto nem pago a despesa
Vá pedir ao seu patrão
Uma caneta, um tinteiro,
Um envelope e um cartão,
Não se esqueça de me dar palitos
E um cigarro pra espantar mosquitos
Vá dizer ao charuteiro
Que me empreste umas revistas,
Um isqueiro e um cinzeiro

Telefone ao menos uma vez
Para três, quatro, quatro, três, três, três
E ordene ao seu Osório
Que me mande um guarda-chuva
Aqui pro nosso escritório
Seu garçom me empresta algum dinheiro
Que eu deixei o meu com o bicheiro,
Vá dizer ao seu gerente
Que pendure esta despesa
No cabide ali em frente
Seu garçom faça o favor de me trazer depressa
Uma boa média que não seja requentada
Um pão bem quente com manteiga à beça
Um guardanapo e um copo d'água bem gelada
Feche a porta da direita com muito cuidado
Que eu não estou disposto a ficar exposto ao sol
Vá perguntar ao seu freguês do lado
Qual foi o resultado do futebol.


video

domingo, 10 de maio de 2009

O roteiro de "Zii e Zie - O Show"


Caetano Veloso estreou na noite de 8 de maio num Canecão (Rio de Janeiro) super lotado (com direito até a pessoas em pé nas laterais da casa carioca) seu novo show. Zii e Zie é o show de divulgação do álbum homônimo lançado por Caetano em abril de 2009. O show passará ainda pelas cidades de Brasília, Belém, Maceió, Fortaleza, Juazeiro do Norte, Salvador, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte e Vitória, mas sem previsão de apresentações em São Paulo.
Entre as canções presentes no roteiro estão
"Água" (da lavra de Kassim + 2), "Irene", "Não Identificado", "Três Travestis", "Força Estranha" e duas das maiores surpresas: "Eu sou Neguinha?" e "Aquele Frevo Axé". Eis o roteiro do show (retirado do blog Notas Musicais do jornalista Mauro Ferreira - foto retirada do mesmo blog):

1- A Voz do Morto
2- Sem Cais
3- Trem das Cores

4- Perdeu
5- Por Quem

6- Lobão Tem Razão

7- Maria Bethânia
8- Irene

9- Volver
10- Aquele Frevo Axé

11- Tarado Ni Você
12- Menina da Ria

13- Não Identificado
14- Odeio
15- Falso Leblon

16- Base de Guantánamo
17- Lapa

18- Água

19- A Cor Amarela
20- Eu Sou Neguinha?

BIS:
21- Incompatibilidade de Gênios
22- Manjar de Reis

23- Três Travestis

24- Força Estranha

sexta-feira, 8 de maio de 2009

7 - O Musical


Nos últimos dias ando viciado em 7 - O Musical. A história, o enredo, as músicas, fotos... Tudo isso me deixa cada vez mais inspirado a criar e criar! Criar músicas, histórias, personagens, cenas... Tudo isso! 7 - O Musical é a primeira obra autoral da dupla de diretores Cláudio Botelho e e Charles Möeller. A direção musical ficou por conta de Ed Motta, que assina os arranjos e as canções (ao lado de Botelho) presente no espetáculo. No elenco estão nomes como Alessandra Maestrini, Rogéria e Zezé Motta dentre muitos outros.

Um conto de fadas moderno

"O que levou a Rainha Má ao extremo de
pedir o coração de Branca de Neve?"

Amélia perdeu seu grande amor, Herculano, que a trocou por outra, "mais bonita, mais pura, mais simples", Bianca. Deseperada, Amélia houve os conselhos da madrinha, Dona Rosa: que vá procurar uma cartomante, Dona Carmem que, dizem, sabe como ninguém das coisas do coração. Dona Carmem - mais que vidente - é bruxa. Promete trazer Herculano de volta. Sem erro, sem demora. Mas para alcançar seu objetivo, Amélia deve cumprir sete tarefas.
As seis primeiras são simples, fáceis, rápidas. A sétima, a mais dificil: "traga um coração ainda moço, quente e feliz, arrancado pulsando do peito de um homem". Amélia, em desespero, atira-se nas ruas do Rio, entre prostitutas e figuras da noite. Disfarçada entre elas, consegue sua vítima. Mas a vidente, ao saber sua idade, não aceita a prenda: "pedi o coração de um jovem, ainda virgem. Um coração que nunca amou. Este não serve, já está estragado". Amélia quer desistir, mas o feitiço não pode ser mais interrompido ou uma maldição recairá sobre ela.
Uma nova tentativa. Vai parar em um bordel, dirigido por Dona Odete. Ali o jovem Álvaro vem conhecer o amor. Sua primeira noite será com Amélia. Mas nas voltas da vida, caminhos se cruzam, as histórias se complicam, e nada sai exatamente do jeito que se quer.
Enquanto isso, uma misteriosa velhinha, Senhora A., segue contando para sua enteada a história de Branca de Neve. Uma história que nunca chega ao fim...


vale à pena conferir.

Em cartaz sextas, sábados e domingos no Teatro Sérgio Cardoso em São Paulo (SP).

Sextas às 21h30
Sábados às 21h
Domingos às 18h

Os ingressos custam R$ 40,00 (platéia) e R$ 20,00 (balcão). O espetáculo tem duração de 2h20 com intervalo de 15 minutos. A temporada paulistana vai até dia 06 de junho de 2009.

A capa e as faixas do Multishow Ao Vivo de Rita


Taí a (bela) capa do Cd e DVD Multishow Ao Vivo Rita Lee - Picnic (em pré-venda pelo site da Biscoito Fino). O show foi registrado em duas apresentações no Vivo Rio (Rio de Janeiro) nos dias 30 e 31 de janeiro deste ano de 2009. O lançamento está agendado para 20 de maio, mas a pré-venda já acontece no site oficial da gravadora Biscoito Fino.
Eis as faixas que compõem Cd e DVD:

DVD:

1- Flagra
2- Saúde
3- Mutante
4- Cor-de-Rosa Choque/ Todas as Mulheres do Mundo
5- Tão
6- Vingativa
7- O Bode e a Cabra
8- Se Manca
9- Baby (citações: Panis et Circenses/ Batmacumba/ Domingo no Parque/ Alegria, Alegria)
10- Bwanna
11- Vítima
12- Insônia
13- Roll Over Beethoven
14- Erva Venenosa
15- Doce Vampiro
16- Ovelha Negra
17- Agora só Falta Você
18- Lança Perfume/ Chiquita Bacana


Cd:

1- Flagra
2- Saúde
3- Mutante
4- Se Manca
5- Cor-de-Rosa Choque/ Todas as Mulheres do Mundo
6- Baby (citações: Panis et Circenses/ Batmacumba/ Domingo no Parque/ Alegria, Alegria)
7- Tão
8- O Bode e a Cabra
9- Vingativa
10- Insônia
11- Bwanna
12- Ovelha Negra
13- Erva Venenosa
14- Lança Perfume/ Chiquita Bacana

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Suposto trecho do DVD de Madonna cai na rede


No início dessa semana foi divulgado um vídeo com suposto trecho do DVD que registra a Sticky & Sweet Tour de Madonna. O show foi gravado durante a passagem da cantora por Buenos Aires, na Argentina no ano passado. Ainda não se sabe se o trecho de "Vogue" divulgado na web é realmente do DVD da cantora mas, além da edição perfeita, o som parece ter sido captado de uma mesa de som. O DVD será lançado no final deste ano de 2009 após a segunda etapa da Sticky & Sweet Tour que estréia em junho com shows na O2 London Arena, em Londres (UK). Eis o vídeo:


video

terça-feira, 5 de maio de 2009

Som Livre compila duetos de Zeca


A Som Livre bota nas lojas, dois anos após editar coletânea de Zeca Pagodinho na série Raridades, o Cd Zeca Pagodinho - Duetos. Como o título já antecipa, o disco trará fonogramas gravados por Zeca com nomes como Chico Buarque, Almir Guineto, Dona Ivone Lara, Dudu Nobre, Beth Carvalho e Luiz Melodia. Há fonogramas bem pouco conhecidos, como a faixa "Sinhá Manda Saia", gravada pelo cantor em dueto com Elza Soares para o disco Trajetória, editado pela cantora em 1997. Há também gravações mais recentes, como a faixa "Ela tem a Beleza que Nunca Sonhei", gravada em dueto com Pedro Luís e a Parede para o último álbum da banda, Ponto Enredo, lançado em setembro de 2008. Eis as faixas da coletânea que a Som Livre lança nas lojas neste mês de maio:

1- Faixa Amarela - com: Dudu Nobre
2- Camarão que Dorme a Onda Leva
- com: Beth Carvalho
3- Mulheres
- com: Martinho da Vila
4- Samba do Approach
- com: Zeca Baleiro
5- Bagaço da Laranja
- com: Jovelina Pérola Negra
6- Mulher do Aníbal - com: Chico Buarque
7- Maneiras
- O Rappa
8- Poeta do Morro
- com: Luiz Melodia
9- Judia de Mim
- com: Sandra de Sá
10- Sinhá Manda Saia
- com: Elza Soares
11- Feijoada Completa
- com: Almir Guineto
12- Mas quem Disse que eu te Esqueço?
- com: Dona Ivone Lara
13- Ela tem a Beleza que Nunca Esqueço
- com: Pedro Luís e a Parede
14- Moro na Roça
- com: Arlindo Cruz

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Envelhecer...


Hoje é meu aniversário! Interessante como em dia de aniversário as pessoas ficam mais amigáveis, todos te desejando felicidades, paz, amor, harmonia, coisas boas... Às vezes eu me pergunto se tudo isso é verdade... Aqueles que não me desejaram feliz aniversário hoje é que são verdadeiros, gosto dessa gente que se não gosta de alguém não se manifesta. Eles são louváveis (não que eu esteja reclamando daqueles que me desejaram felicidades, de modo algum, mas às vezes fica a dúvida: é de coração ou é obrigação?). Mas vamos ao texto deste post.

"Envelhecer certamente com a mente sã", esses são os versos de
"Lema", a canção de Carlos Rennó e Lokua Kanza gravada por Ney Matogrosso em seu disco Inclassificáveis. Eu gosto de envelhecer. Gosto da sensação de que cada ano que se passou foi um ciclo que eu consegui completar. Gosto de imaginar que cada ano que vem é apenas (e tão só) para que eu me torne uma pessoa mais culta, inteligente... Que eu me torne um ser humano digno! Envelhecer traz a sabedoria, não (apenas) a sabedoria dos livros, mas a do tempo... A sabedoria que o tempo te proporciona é aquela que nada nem ninguém pode te tirar... Você pode esquecer das frações, pode esquecer da literatura e das regras de gramática, pode esquecer das ordens de física, das fórmulas de química e mais, pode esquecer do seu nome (!), mas esquecer o que o tempo te proporciona vocÊ não esquece. Você não esquece que o fogo é quente, vocÊ não esquece que precisa de ar pra respirar, você não esquece de respirar. O tempo pode ser o inimigo do corpo em alguns casos, mas é o melhor amigo da mente e da sabedoria, desde que você saiba como cultivá-la.
Confesso a vocês leitores fantasmas que sempre imaginei que chegaria aos 16 anos muito, mas muito mal... Uma pessoa burra e tapada... Um típico adolescente dos tempos de hoje. Mas não! Aqui entre nós? Eu cheguei muito bem aos 16 anos. Acho que melhor impossível! Mantenho um blog muito bem acessado, obrigado, escrevo, guardadas as devidas proporções, bem, estou aprendendo a atuar, sei compor parcialmente bem, tenho amigos maravilhosos, perdi amigos maravilhosos, ganhei inimigos formidáveis (estes sim me dão gosto), me tornei uma pessoa inteligente que sabe pensar por si mesmo (coisa bastante rara nos dias de hoje), tenho opiniões formadas e muitas respeitadas, tenho três entrevistas publicadas, 1 espetáculo de dança em cartaz e muito bem visto pela crítica e público, uma peça prestes a estrear, dois prêmio de "Melhor Canção" pela TCA Carioca e, o mais importante, a independência amorosa e de opinião! Chegar aos 16 anos de idade com opiniões próprias formadas e contra a ditadura comercial e cultural estabelecida pela mídia e, mais, sem estar procurando um caso amoroso, uma namorada, um casinho, uma ficante, nada! Isso sim é bom. Olhar para o meu próprio umbigo sem se preocupar com mais ninguém... Com o que a pessoa acha, imagina ou o que quer que seja. Estar preocupado apenas comigo a ponto de não querer me preocupar com esse mesmo ensejo é, no mínimo, ótimo para alguém que pensava em se matar aos 14 anos.
Aliás, só puxando um espacinho... Chegar aos 16 anos cursando italiano, mercadologia de trabalho, dança, teatro, fazendo escola e ainda encontrando tempo de fazer pilates e se manter em forma com uma dieta rigorosa... Realmente, aqui entre nós? Eu sou bom! Hahaha. Parabéns pra mim.

"Envelhecer certamente com a mente sã, me renovando, dia a dia a cada manhã. Tendo prazer, me mantendo com o corpo são, eis o meu lema, meu emblema, eis o meu refrão."

domingo, 3 de maio de 2009

Rita troca título de inédita em disco ao vivo


Rita Lee alterou o título de uma das canções inéditas presente em seu Cd e DVD da série Multishow Ao Vivo. A canção "Nóia" ganhou o novo título de "Se Manca". A canção era uma das duas inéditas, a segunda, "Insônia", permaneceu com o título intacto. - Aqui entre nós? "Nóia" era muito melhor!

Multishow exibe especial de Rita dia 20


O canal Multishow (NET/ SKY 42) exibirá no dia 20 de maio o especial Multishow Ao Vivo Rita Lee - Picnic. O lançamento do Cd e do DVD acontece na mesma data. O show Picnic foi registrado no mês de janeiro deste ano de 2009 com shows na casa Vivo Rio (Rio de Janeiro). No repertório há sucessos como "Ovelha Negra", "Doce Vampiro", "Erva Venenosa", "Cor-de-Rosa Choque", "Lança Perfume", "Agora só Falta Você" "Saúde" e, há canções pouco interpretadas por Rita em shows como "Mutante" e "Vítima", há as canções inéditas apresentadas durante a tour ("O Bode e a Cabra", versão para "I Want to Hold your Hand" dos Beatles e "Tão"), há novas interpretações de Rita para "Vingativa" do grupo As Frenéticas e "Baby" de Caetano Veloso. Há também duas canções inéditas gravadas especialmente para o Cd e o DVD, são "Insônia" e "Nóia". Veja o vídeo da chamada do especial logo abaixo.


video

sábado, 2 de maio de 2009

Singular ou Plural?


A paulicéia me interessa muito! Gente cool, bonita, inteligente, estimulante, interessante... Essas são as pessoas com as quais eu gosto de me relacionar, gosto de ter uma amizade e, por vezes, um casinho (apesar de, nos últimos tempos, só ter me interessado por pessoas tapadas e ignorantes). Dentre essa paulicéia tão inteligente e interessante há sempre aqueles com maior destaque, e um destes destaques é, sem dúvida, minha querida Thaís Melendez. Seu blog Una Vida Chiles é um achado, diga-se de passagem. Eu sempre faço alusão a ele e seus textos e, desta vez, não será diferente. Thaís postou em fevereiro o texto Singular ou Plural e, com ou sem a autorização dela, reposto-o aqui para deleite geral. Fiquem ao som desta.


SINGULAR OU PLURAL

Sabe quando tu tá sozinho no ponto de ônibus e aparece aquele casalzinho simpático se amassando? Pois é, situaçãozinha desagradável essa. E é bem irônico como todos os melhores filmes estreiam no cinema justamente quando você tá sem companhia pra ir. Seus melhores amigos se apaixonam e saem em casais, bem na hora que você quer um tempo pra ficar só. Sem contar com os infelizes adjacentes que querem te apresentar a todos os amigos solteirões para ver se você desencalha de vez. A pior parte vem nas terças de tarde e nos domingos de noite, quando todas as músicas, até aquelas que você nem gosta, te fazem lembrar de relacionamentos anteriores. E mais, dizem de todas as maneiras que todo mundo tem alguém para amar: menos você.
O mais legal da foça é... bom, não tem parte legal. O legal mesmo, é que ela passa. E você acorda, como se tivesse apenas cochilado. Porém, mais confiante, mais esperançosa, e mais bonita do que nunca. Você finalmente tem tempo para ler aquele livro que comprou, e redescobre como é divertido ir ao shopping e ao cinema sozinho. Sobra tempo para se cuidar, para estudar e para sair com aqueles amigos que você não via há um tempão. As pessoas novas voltam a aparecer, e as antigas passam a ter mais valor. As que estão ao seu lado então, ganham um bônus de 20 pontos por cada sorriso que arrancam de você. A vida está bem, você está ótima. Recupera as dp's, viaja, faz planos.
Mas sempre parece que falta alguma coisa. Daí vem aquele sopro gelado, ou aquela vontade de contar pra alguém como teu chefe te elogiou semana passada. E você se vê denovo sozinho, numa bela tarde, assistindo aos ótimos programas de domingo. É quando aquele cara da locadora te liga. Ou quando você resolve chamar aquele teu amigo bacana, que tua mãe gosta, pra dar uma volta. Você não quer namorar, não quer se envolver, não quer ter absolutamente nada com ninguém. Claro, está tudo ótimo. Somar alguém a essa rotina tranquila estragaria o resultado final, pra que arriscar?
Mas será que realmente é possível ser feliz assim? Solteirão? Sem ninguém para brigar e depois fazer as pazes? O que acontece, é que somos feitos de carne e osso. Não nascemos para sermos sozinhos. Acredito na singularidade, em pessoas que são felizes sozinhas, e quem disse que não são? A nossa vida não depende de outra pessoa para ser melhor. Aliás, depende: de nós mesmos. Mas confesso que ela não seria tão entusiasmante, nem tão turbulenta, nem teria a mesma graça, se não nos apaixonássemos. Ao menos que no lugar do coração você tenha um cubo de gelo, aí meu querido, você não entenderá nada do que eu quis dizer. Porque ser solteiro é ótimo, é maravilhoso conhecer, viajar, se entregar ao mundo, a várias pessoas. Só que aí você não ganhará flores, não conhecerá sogros, não terá um único alguém, não apresentará ao seu pai, não compartilhará... e o jeito vai ser esperar sozinho na fila do cinema.

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Ná lança em disco "balangandãs" de Carmen


No ano passado, quando passou por várias cidades do Brasil com o show Ná Ozzeti canta Carmen Miranda, Ná Ozzeti entrou em estúdio para registrar o repertório do show em disco. O mesmo está sendo editado via MCD. Balangandãs aborda o repertório de Carmen Miranda e é uma das homenagem ao centenário da pequena notável. O disco aborda 15 canções do roteiro do show. Eis o roteiro do Cd:

1- Imperador do Samba
2- Camisa Listrada
3- Tic-Tac do meu Coração
4- Disseram que eu Voltei Americanizada
5- Touradas em Madrid
6- ... E o Mundo não se Acabou
7- Ao Voltar do Samba
8- Na Batucada da Vida
9- Diz que Tem
10- A Preta do Acarajé
11- Recenseamento
12- O Samba e o Tango
13- Tico-Tico no Fubá
14- Chattanooga Choo-Choo
15- Adeus Batucada

Cd e DVD de Vanessa chegam sem "Esperança"


Já nas lojas, editados via Sony Music, o Cd e o DVD Multishow Ao Vivo Vanessa da Mata - Jardim e Flores de Sim chegou às lojas sem a faixa "Esperança". A canção inédita composta por Vanessa e gravada em estúdio ao lado da dupla jamaicana Sly & Robbie não foi uma das escolhidas para a seleção final do projeto. Cd e DVD chegam as lojas sem canções inéditas, apenas com novas gravações na voz de Vanessa, como é o caso de "As Rosas não Falam" (Cartola), "Um Dia, Um Adeus" (Guilherme Arantes) e "Acode" (a canção feita por Vanessa e gravada por Shirley de Moraes). Cd e DVD tem a tiragem inicial de 100 mil cópias.