quarta-feira, 4 de maio de 2011

Entrevista com Marina Lima!


Cantora, compositora, instrumentista e hitmaker, Marina Lima é um dos maiores ícones pop das décadas de 80 e 90 e é também a personalidade que encerra o especial de entrevistas de aniversário por aqui. Escolhi a Marina por ela ser a responsável pela minha inclusão no cenário artístico e por ela fazer parte da minha vida com suas canções e declarações, além de ter se tornado uma pessoa muito querida. Marina me concedeu esta entrevista especialmente para comemorar meu aniversário dentro destes projetos das 4 entrevistas. Decidimos por tratar pouco de trabalho e fazer algo mais descontraído. Falamos de Rita Lee, Cabala, Marina atriz, sua relação com fãs e internet, sua vontade de iniciar uma parceria com Vanessa da Mata e muito mais. "O Brasil é uma país extremamente musical, as pessoas sabem apreciar música, independente da classe social" declarou a cantora. Tive o prazer de contar com a ajuda da minha querida amiga e jornalista Priscila Toller, que só decidiu estudar jornalismo para um dia entrevistar Marina. Eis que finalmente o dia chegou. Marina está às voltas com o lançamento de seu novo disco, Clímax, que tem lançamento agendado para a primeira semana de junho. No entanto não tratamos de trabalho tão afundo. A ideia foi outra e, juntos, construímos algo mais leve. Agora com vocês a última entrevista destas 4 com o ícone pop dos anos 80 e 90, cantora de sucesso, compositora de prestígio e amiga querida. Agora com vocês Marina Lima:


Priscila Toller: Nestes mais de 30 anos de carreira você conquistou um público fiel e adorador de seu trabalho que sempre se renova a cada geração. Como é sua relação com os fãs hoje em dia? Qual a importância que eles têm para você?

Marina Lima: A internet me aproximou muito do meu público. Essa oportunidade de twittar, postar vídeos, blogs, etc me deu um feedback extremamente positivo e estimulante. Adoro conversar, trocar, rir com as pessoas na internet. Faz parte do meu dia a dia.

Bruno Cavalcanti: Há alguns anos atrás você disse querer reencontrar seu público. Hoje, 2011, uma década após seu retorno aos palcos, quatro álbuns depois e turnês de sucesso como Topo Todas Tour que a levou a lugares afastados como Conceição do Mato Dentro e apresentações vitoriosíssimas em locais de apelo popular, como a Virada Cultural. Você acha que conseguiu reencontrar um grande público? Ou Marina Lima tornou-se uma cantora para um público restrito?

ML: Os dois. Me sinto muito bem recebida , tanto em shows como o da Virada Cultural (onde havia uma multidão de 120 mil pessoas) como em lugares mais fechados, como o Baretto (aonde cabem 70 pessoas). O Brasil é um país extremamente musical, as pessoas sabem apreciar música, independente da classe social.

BC: No Brasil você foi a primeira pessoa de fama a aderir publicamente aos ensinamentos da Cabala. Como a Cabala entrou em sua vida?

ML: Uma amiga, Joyce Pascowitch, me falou sobre a Cabala e me deu o telefone de um grande professor, Schmuel Lemle. Comecei a fazer aula e nunca mais parei. A Cabala trouxe um entendimento e consequentemente um equilíbrio para a minha vida. Hoje ela é imprescindível pra mim.

BC: Marina Lima como público. Teatro, música, cinema. O que você tem ouvido e visto ultimamente?

ML: Esses últimos seis meses fiquei totalmente voltada pra esse Cd novo, Clímax. Hoje terminei o Cd. Espero poder me atualizar nos filmes, peças e Cds que ainda não tive a oportunidade de ver e ouvir...

BC: Sua importância dentro do cenário musical brasileiro é grande. Como você lida com a ideia de ser uma das revolucionárias do cenário musical?

ML: Olha, sou ambiciosa, procuro fazer o melhor nesse meu ofício que é a música popular. Fico muito feliz quando percebo que fiz algo acima da media. Trabalho e me esforço pra isso.

BC: Há alguém com quem você gostaria de ter como parceiro?

ML: Aqui no Brasil? Sim. Quero compor com a Vanessa da Mata. Sinto que pode rolar uma bela parceria.

BC: Marina Lima atriz. Você já fez pontas em alguns curtas. Há a possibilidade de você voltar a se aventurar como atriz?

ML: Não, não dou pra isso! (risos). Gostei de ter participado do curta que fiz com a Monique Gardenberg, Diário Noturno, foi muito divertido, uma brincadeira. Mas à sério não sei fazer mesmo...

BC: Uma vez você declarou que a Rita Lee a convidou para compor por e-mail e você recusou, por precisar ter o mínimo de intimidade com quem compõe. Essa parceria tem alguma chance de acontecer hoje em dia?

ML: Eu gostaria muito. Acho ela maravilhosa! Seria um prazer ter uma parceria com a Rita.

BC: Para encerrar: o que diferencia a Marina Lima cantora, compositora e instrumentista da Marina Correia Lima dona de casa, twitteira e mãe (e avó) de seus cães?

ML: Na realidade, sou a mesma. Tenho a mesma personalidade nas coisas que faço, dentro ou fora da música. Os mesmos defeitos e qualidades. (risos).



BC: ML querida, obrigado pela entrevista e pelo carinho. Sabes o quanto te admiro. Tudo de bom no novo trabalho. Um beijo. Bruno.



ML: Valeu querido e feliz aniversário!! ;-)) beijo grande e tudo de melhor pra você. Marina.



Apoio e colaboração: Priscila Toller


Agradecimentos: Rodrigo Vinhas e Libertá Produções

3 comentários:

priscila toller disse...

Foi muito legal participar dessa entrevista. Colaborar e torcer por cada coisa que ia acontecendo, desde o processo de perguntas ate a expectativa de chegar até ela... Obrigadão Bruno, vc é demais! E a Marina? Nossa, essa eu amo tanto que me foge as palavras... beijo, Priscila Toller.

Isabel Cristina disse...

Querido a entrevista está o máximo, realmente já é um grande Ator e agora se revelopu um ótimo entrevistador, vai fundo não deixe escapara essa chance não.
Achei as perguntas de primeira qualidade, ela com suas respostas simples e se mostrando sempre humilde (amei, ganhou mais uma fã), não esqueça que vc me prometeu o CD dela de presente, heimmmmm.
Só para tirar uam dúvida quando vc pergunta sobre "Reencontrar o público" na resposta dela sobre "Barreto" está certo aonde ela responde que só cabe 70 pessoas??? Só isso que fiquei na duvida...........
Mais uma vez Parabéns, continue firme!!!!!!!!!!!

Beijos com muito carinho.

Anônimo disse...

Olha, vcs estao de parabéns! A entrevista foi o máximo. Realmente a Marina tem um público fiel na proporçao de sua importância dentro da música popular brasileira.
Beijos e abraços carinhosos,

Gisele Lemos